Em Sobral, Marina diz: A eles ofereço minha outra face

13/09/2014 14:04

POLÍTICA

 

Por Samille Sá.

 

 

Um sábado atípico que ficou marcado na história da princesa do Norte. 

Dois eventos marcados para o mesmo dia e horário. De um lado, a candidata à Presidência Marina Silva (PSB), de outro o grupo político de Cid Gomes.

Como haviam esses dois eventos políticos, a candidata à presidência Marina Silva, principal concorrente de Dilma Rousseff (PT), resolveu mudar sua programação. Optou por ministrar uma palestra no Ginásio Esportivo Sesi Senai, próximo ao Centro de Convenções, ao invés de realizar uma caminhada pelo centro da cidade, local onde o candidato a governador dos Ferreira Gomes, Camilo Santana (PT), também realizaria uma caminhada. 

Mas a caminhada de Camilo Santana não aconteceu, a coordenação da campanha resolveu mudar os planos de última hora, decidindo que o candidato não mais viria à Sobral.

Em entrevista coletiva à imprensa, Marina ressaltou não ser por acaso, sua estadia em Sobral justamente no dia em que completa um mês da tragédia que ceifou a vida de Eduardo Campos. Estabeleceu este dia, como um dia simbólico para que homens e mulheres de bem, mesmo que de partidos diferentes, com visões diferentes, crie um espaço de diálogo e de respeito.

São notórias as mudanças de estratégias dos presidenciáveis no decorrer da disputa rumo ao Palácio do Planalto. As propagandas eleitorais começam a tomar cunho mais agressivo e direto. E a agenda dos candidatos fica ainda mais lotada.

“Em nome da memória de Eduardo Campos que foi companheiro de Ciro Gomes no mesmo partido, quero oferecer a outra face. A face do diálogo, a face do respeito, a face de quem acredita na democracia.”

 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!